fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do PetPosts.

Post 124

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site PetPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

A marca d’água NÃO faz parte das artes.
– A arte é entregue sem a marca d’água do PetPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 334 palavras

Assim como os humanos, cães também podem ter Diabetes Mellitus – ou, simplesmente, diabetes -, uma doença causada tanto por uma disfunção na produção de insulina, quanto pela diminuição de sua ação. Isto faz com que a glicose permaneça no sangue do animal, em vez de entrar nas células e gerar energia.

Cães de qualquer idade podem desenvolver a doença, mas ela é mais frequente entre os 7 e 9 anos. Predisposição genética, obesidade, doenças do pâncreas, processos inflamatórios e uso de certos medicamentos são fatores que aumentam a propensão ao diabetes. A incidência é maior em fêmeas não castradas, machos castrados e cães de certas raças, como Poodles, Dachshunds, Beagles, Pugs, Labradores, Golden Retrievers, Huskies Siberianos e Yorkshire Terriers.

Grande parte dos cães com diabetes sentem mais sede e urinam mais vezes. Seu apetite parece normal, mas podem perder peso ou se tornar obesos. A catarata também é um sinal de alerta, mas o ideal é diagnosticar a doença com base nos sinais clínicos, pela presença de glicose na urina e no sangue. Estes exames são solicitados pelo seu médico-veterinário.

O diabetes não tem cura, mas pode ser controlado com dieta, exercícios físicos e, nos casos indicados, com aplicação de insulina. O veterinário lhe orientará como manipular a insulina, além dos cuidados para evitar complicações como, por exemplo, a hipoglicemia (baixa taxa de açúcar no sangue), que pode ser muito perigosa para o seu amigão.

A necessidade de insulina muitas vezes muda com o tempo, e pode ser necessário fazer ajustes periódicos na dosagem, baseados em testes de laboratório, sempre sob a orientação do seu médico-veterinário.

Fique de olho nos sintomas ou mudanças de comportamento do seu cão. Quanto mais cedo a doença é descoberta, menores são os riscos de complicações.

É possível viver bem com o diabetes, mas isto requer compromisso da sua parte e uma provável mudança de hábitos – do seu cão e, quem sabe, também sua! Assuma esta responsabilidade e viva bem com seu melhor amigo, com o diabetes bem controlado!

#diabetesanimal #meupetevida #endocrinologiaveterinaria #patologiaveterinaria #saudedospets #diabetescanina

Assim como os humanos, cães também podem ter Diabetes Mellitus – ou, simplesmente, diabetes -, uma doença causada tanto por uma disfunção na produção de insulina, quanto pela diminuição de sua ação. Isto faz com que a glicose permaneça no sangue do animal, em vez de entrar nas células e gerar energia.

Cães de qualquer idade podem desenvolver a doença, mas ela é mais frequente entre os 7 e 9 anos. Predisposição genética, obesidade, doenças do pâncreas, processos inflamatórios e uso de certos medicamentos são fatores que aumentam a propensão ao diabetes. A incidência é maior em fêmeas não castradas, machos castrados e cães de certas raças, como Poodles, Dachshunds, Beagles, Pugs, Labradores, Golden Retrievers, Huskies Siberianos e Yorkshire Terriers.

Grande parte dos cães com diabetes sentem mais sede e urinam mais vezes. Seu apetite parece normal, mas podem perder peso ou se tornar obesos. A catarata também é um sinal de alerta, mas o ideal é diagnosticar a doença com base nos sinais clínicos, pela presença de glicose na urina e no sangue. Estes exames são solicitados pelo seu médico-veterinário.

O diabetes não tem cura, mas pode ser controlado com dieta, exercícios físicos e, nos casos indicados, com aplicação de insulina. O veterinário lhe orientará como manipular a insulina, além dos cuidados para evitar complicações como, por exemplo, a hipoglicemia (baixa taxa de açúcar no sangue), que pode ser muito perigosa para o seu amigão.

A necessidade de insulina muitas vezes muda com o tempo, e pode ser necessário fazer ajustes periódicos na dosagem, baseados em testes de laboratório, sempre sob a orientação do seu médico-veterinário.

Fique de olho nos sintomas ou mudanças de comportamento do seu cão. Quanto mais cedo a doença é descoberta, menores são os riscos de complicações.

É possível viver bem com o diabetes, mas isto requer compromisso da sua parte e uma provável mudança de hábitos – do seu cão e, quem sabe, também sua! Assuma esta responsabilidade e viva bem com seu melhor amigo, com o diabetes bem controlado!

#diabetesanimal #endocrinologiaveterinaria #patologiaveterinaria #saudedospets #diabetescanina

R$5,50

Conheça também outros posts:

  • Post 044

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 064

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 310

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 208

    Ler texto R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao PetPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//