fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do PetPosts.

Post 182

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site PetPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

A marca d’água NÃO faz parte das artes.
– A arte é entregue sem a marca d’água do PetPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 321 palavras

Se o seu melhor amigo está mancando, uma das possíveis causas é luxação de patela, que é o osso do joelho (antigamente conhecido como “rótula”). Este é um dos problemas ortopédicos mais comuns entre os cães, causando dor, incômodo e desconforto, podendo prejudicar sensivelmente a mobilidade do animal.

Diferente do que se imagina, a luxação de patela geralmente é de origem congênita – já nasce com o animal – não estando necessariamente associada a traumas ou acidentes. É uma lesão mais comum em cachorros de pequeno porte, embora possa ocorrer também em pets maiores – nestes casos, sim, geralmente em função da idade avançada, excesso de peso do animal, quedas ou outros traumas.

As raças mais propensas a apresentar luxação de patela são Poodle, Yorkshire, Shih Tzu, Dachshund, Pequinês, Lhasa Apso, Lulu da Pomerânia, Chihuahua, Bichon Frisé e Pug.

Mas, independentemente do porte do seu pet, você deve ficar atento! Se o cão estiver mancando ou apoiando-se em apenas uma das patas, mostrando dificuldade em caminhar, brincar e pular, não hesite em levá-lo a uma consulta com veterinário. Quanto antes acontecer o diagnóstico, melhor é o tratamento e menores serão as complicações futuras.

A luxação patelar é difícil de ser prevenida, sobretudo se for congênita. De toda forma, é recomendável fazer o controle adequado do peso do animal, além de cuidados com o ambiente, evitando que o animal dê pulos de grandes alturas ou viva em ambientes com pisos muito escorregadios.

O tratamento da luxação de patela varia de acordo com o seu grau, indo desde uma atuação clínica, em casos mais leves, com a administração de analgésicos e realização de sessões de fisioterapia, até a cirurgia, em casos mais severos.

A mobilidade é algo fundamental para um pet. Diagnosticar e tratar o mais cedo possível qualquer problema ortopédico é uma forma importante de cuidado – pensando no dia de hoje e no bem-estar futuro do seu melhor amigo!

#ortopedistaveterinario #consultorioveterinario #veterinarioortopedista #meupetevida #ortopediavet #luxacaopatelar

Se o seu melhor amigo está mancando, uma das possíveis causas é luxação de patela, que é o osso do joelho (antigamente conhecido como “rótula”). Este é um dos problemas ortopédicos mais comuns entre os cães, causando dor, incômodo e desconforto, podendo prejudicar sensivelmente a mobilidade do animal.

Diferente do que se imagina, a luxação de patela geralmente é de origem congênita – já nasce com o animal – não estando necessariamente associada a traumas ou acidentes. É uma lesão mais comum em cachorros de pequeno porte, embora possa ocorrer também em pets maiores – nestes casos, sim, geralmente em função da idade avançada, excesso de peso do animal, quedas ou outros traumas.

As raças mais propensas a apresentar luxação de patela são Poodle, Yorkshire, Shih Tzu, Dachshund, Pequinês, Lhasa Apso, Lulu da Pomerânia, Chihuahua, Bichon Frisé e Pug.

Mas, independentemente do porte do seu pet, você deve ficar atento! Se o cão estiver mancando ou apoiando-se em apenas uma das patas, mostrando dificuldade em caminhar, brincar e pular, não hesite em levá-lo a uma consulta com veterinário. Quanto antes acontecer o diagnóstico, melhor é o tratamento e menores serão as complicações futuras.

A luxação patelar é difícil de ser prevenida, sobretudo se for congênita. De toda forma, é recomendável fazer o controle adequado do peso do animal, além de cuidados com o ambiente, evitando que o animal dê pulos de grandes alturas ou viva em ambientes com pisos muito escorregadios.

O tratamento da luxação de patela varia de acordo com o seu grau, indo desde uma atuação clínica, em casos mais leves, com a administração de analgésicos e realização de sessões de fisioterapia, até a cirurgia, em casos mais severos.

A mobilidade é algo fundamental para um pet. Diagnosticar e tratar o mais cedo possível qualquer problema ortopédico é uma forma importante de cuidado – pensando no dia de hoje e no bem-estar futuro do seu melhor amigo!

#ortopedistaveterinario #consultorioveterinario #veterinarioortopedista #ortopediavet #luxacaopatelar

R$5,50

Conheça também outros posts:

  • Post 229

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 004

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 176

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 052

    Ler texto R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao PetPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//