fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do PetPosts.

Post 077

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site PetPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.

A marca d’água NÃO faz parte das artes.
– A arte é entregue sem a marca d’água do PetPosts.
– As cores da imagem e a posição da sua personalização são as mesmas que você vê nesta amostra.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 343 palavras

Cães têm um olfato muito mais potente que o humano. São 300 milhões de células receptoras de cheiro, contra apenas 5 milhões nos humanos. Por isso, eles conseguem identificar facilmente quando o corpo libera hormônios ou fluidos corporais decorrentes de mudanças abruptas das emoções, como acontece em picos de estresse, medo ou de excitação, por exemplo. Mas a ciência ainda não conseguiu comprovar com precisão se os cães conseguem de fato identificar os diferentes tipos de emoção, rotulando-as internamente.

O que se sabe é que os cães percebem a mudança de cheiro e podem querer investigar do que se trata. Mas o medo em si é muito mais demonstrado por meio da linguagem corporal, da postura da pessoa, da respiração e da expressão facial, do que propriamente pelo odor. Como cães são muito sensíveis aos aspectos sutis do comportamento humano, podem responder instintivamente a essas mudanças. A capacidade que os cachorros têm para ler a nossa linguagem corporal é tão ou mais impressionante que o sentido do olfato.

O cheiro do corpo pode, sim, denunciar o medo, mas provavelmente não será isso que provocará um eventual ataque do cão, e sim a postura da pessoa, que pode ser interpretada como ameaçadora ou agressiva. Quando sentimos medo de um cão, por exemplo, tendemos a ter comportamentos e reações para nos “protegermos”, o que pode nos levar a fazer gestos bruscos, tomar atitudes agressivas, gritar, chutar, entre outros. Diante disso, é absolutamente normal que o cão também reaja, com a mesma intenção que nossa: proteger-se do que parece ser uma ameaça a ele.

O ideal é que, diante de qualquer sensação de vulnerabilidade na presença de um cachorro, você procure se manter calmo e tente se retirar do ambiente o mais rápido que puder, mas sem correr, sem gritar, nem fazer contato visual. Manter a cabeça no lugar é a melhor forma de evitar confrontos e riscos, diante de um cão do qual você sente medo – não importa por qual motivo – e que pode, também, estar com medo de você.

#farocanino #meupetevida #cachorrointeligente #inteligenciaanimal #inteligenciacanina #sabedoriaanimal

Cães têm um olfato muito mais potente que o humano. São 300 milhões de células receptoras de cheiro, contra apenas 5 milhões nos humanos. Por isso, eles conseguem identificar facilmente quando o corpo libera hormônios ou fluidos corporais decorrentes de mudanças abruptas das emoções, como acontece em picos de estresse, medo ou de excitação, por exemplo. Mas a ciência ainda não conseguiu comprovar com precisão se os cães conseguem de fato identificar os diferentes tipos de emoção, rotulando-as internamente.

O que se sabe é que os cães percebem a mudança de cheiro e podem querer investigar do que se trata. Mas o medo em si é muito mais demonstrado por meio da linguagem corporal, da postura da pessoa, da respiração e da expressão facial, do que propriamente pelo odor. Como cães são muito sensíveis aos aspectos sutis do comportamento humano, podem responder instintivamente a essas mudanças. A capacidade que os cachorros têm para ler a nossa linguagem corporal é tão ou mais impressionante que o sentido do olfato.

O cheiro do corpo pode, sim, denunciar o medo, mas provavelmente não será isso que provocará um eventual ataque do cão, e sim a postura da pessoa, que pode ser interpretada como ameaçadora ou agressiva. Quando sentimos medo de um cão, por exemplo, tendemos a ter comportamentos e reações para nos “protegermos”, o que pode nos levar a fazer gestos bruscos, tomar atitudes agressivas, gritar, chutar, entre outros. Diante disso, é absolutamente normal que o cão também reaja, com a mesma intenção que nossa: proteger-se do que parece ser uma ameaça a ele.

O ideal é que, diante de qualquer sensação de vulnerabilidade na presença de um cachorro, você procure se manter calmo e tente se retirar do ambiente o mais rápido que puder, mas sem correr, sem gritar, nem fazer contato visual. Manter a cabeça no lugar é a melhor forma de evitar confrontos e riscos, diante de um cão do qual você sente medo – não importa por qual motivo – e que pode, também, estar com medo de você.

#farocanino #cachorrointeligente #inteligenciaanimal #inteligenciacanina #sabedoriaanimal

R$5,50

Conheça também outros posts:

  • Post 156

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 357

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 244

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Lançamento

    Post 373

    Ler texto R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao PetPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//