fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do PetPosts.

Post 288

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site PetPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.
– Este é um post de conteúdo. As cores da imagem e a posição da sua personalização são exatamente as mesmas que você vê nesta amostra.
– A arte é entregue em arquivo de imagem (JPG), 100% pronta (não-editável), sem a marca d’água do PetPosts.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 302 palavras

Assim como os humanos, os pets também podem sofrer com doenças degenerativas, especialmente, com o avançar da idade. É o caso do Alzheimer canino, que também é chamado de Síndrome da Disfunção Cognitiva Canina, um problema causado pela degeneração do sistema nervoso central.

Os primeiros sinais de envelhecimento nos cães geralmente são notados a partir dos oito anos de idade, quando muitos começam a perder a energia, a visão e a audição.

Entre os sinais da Síndrome da Disfunção Cognitiva Canina estão a desorientação espacial, inclusive dentro de casa, dificuldade de reconhecer os membros da família, mudanças no ciclo vigília-sono e atitudes repetitivas, como dar muitas voltas no mesmo lugar, andar sem rumo e mover aleatoriamente objetos.

Além das mudanças no comportamento social, cães que sofrem com o Alzheimer canino apresentam dificuldades de aprendizado, memória e atenção.

Em estados mais avançados, eles perdem também o controle dos esfíncteres e fazem suas necessidades onde estiverem, fora dos lugares habituais.

É muito importante observar sempre o comportamento do animal e levá-lo para as consultas periódicas com o médico-veterinário. Isto aumenta as chances de que o pet receba o diagnóstico o mais cedo possível. A doença não tem cura, mas tem tratamento, incluindo métodos paliativos e medicamentos que podem desacelerar sua progressão e diminuir o sofrimento do animal.

O médico-veterinário também poderá fornecer orientações, para que você torne melhores os dias do seu cão nesta fase, ensinando brincadeiras e jogos estimulantes, proporcionando uma alimentação adequada e mantendo uma rotina com alguma atividade, mesmo com a idade mais avançada e os desafios da doença.

Um pet com esta síndrome deve receber toda a sua atenção e carinho. Afinal, cuidar do seu melhor amigo nesta fase é devolver a ele o mesmo amor que ele dedicou a você por todos esses anos.

#sindromedadisfunçãocognitivacanina #meupetevida #caoidoso #cãoidoso #animaisidosos #alzheimercanino

Assim como os humanos, os pets também podem sofrer com doenças degenerativas, especialmente, com o avançar da idade. É o caso do Alzheimer canino, que também é chamado de Síndrome da Disfunção Cognitiva Canina, um problema causado pela degeneração do sistema nervoso central.

Os primeiros sinais de envelhecimento nos cães geralmente são notados a partir dos oito anos de idade, quando muitos começam a perder a energia, a visão e a audição.

Entre os sinais da Síndrome da Disfunção Cognitiva Canina estão a desorientação espacial, inclusive dentro de casa, dificuldade de reconhecer os membros da família, mudanças no ciclo vigília-sono e atitudes repetitivas, como dar muitas voltas no mesmo lugar, andar sem rumo e mover aleatoriamente objetos.

Além das mudanças no comportamento social, cães que sofrem com o Alzheimer canino apresentam dificuldades de aprendizado, memória e atenção.

Em estados mais avançados, eles perdem também o controle dos esfíncteres e fazem suas necessidades onde estiverem, fora dos lugares habituais.

É muito importante observar sempre o comportamento do animal e levá-lo para as consultas periódicas com o médico-veterinário. Isto aumenta as chances de que o pet receba o diagnóstico o mais cedo possível. A doença não tem cura, mas tem tratamento, incluindo métodos paliativos e medicamentos que podem desacelerar sua progressão e diminuir o sofrimento do animal.

O médico-veterinário também poderá fornecer orientações, para que você torne melhores os dias do seu cão nesta fase, ensinando brincadeiras e jogos estimulantes, proporcionando uma alimentação adequada e mantendo uma rotina com alguma atividade, mesmo com a idade mais avançada e os desafios da doença.

Um pet com esta síndrome deve receber toda a sua atenção e carinho. Afinal, cuidar do seu melhor amigo nesta fase é devolver a ele o mesmo amor que ele dedicou a você por todos esses anos.

#sindromedadisfunçãocognitivacanina #caoidoso #cãoidoso #animaisidosos #alzheimercanino

R$5,50

Conheça também outros posts:

  • Post 014

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 247

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 297

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 207

    Ler texto R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao PetPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//