fbpx
Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do PetPosts.

Post 178

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site PetPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.
– Este é um post de conteúdo. As cores da imagem e a posição da sua personalização são exatamente as mesmas que você vê nesta amostra.
– A arte é entregue em arquivo de imagem (JPG), 100% pronta (não-editável), sem a marca d’água do PetPosts.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 297 palavras

A esporotricose é uma doença infecciosa que afeta tanto humanos quanto animais, sendo mais comum nos gatos.

O fungo Sporothrix schenckii, causador da doença, é encontrado em matéria orgânica, terra, cascas das árvores, superfície das plantas e flores. Esse microrganismo entra no corpo por alguma feridinha aberta na pele ou por corpos estranhos penetrantes, como espinhos.

Como os gatos costumam arranhar madeiras, terra, cascas e caules de árvores, eles têm maior chance de entrar em contato com o fungo no ambiente, especialmente em jardins (cuidado especial com a roseiras!), tornando-se, eles próprios, agentes de disseminação da doença.

A esporotricose causa lesões que atingem a epiderme, demoram a cicatrizar e evoluem rapidamente. Quando não tratada, pode causar sérios riscos à vida do seu gatinho – diferente do que ocorre em cães e seres humanos, em que geralmente a doença é mais branda.

Na fase inicial, a doença se manifesta na face, pernas e base da cauda, como nódulos avermelhados, que podem ter secreções. Quando progridem, eles se tornam úlceras, que podem comprometer inclusive o sistema linfático e, na fase mais grave, as lesões ulceradas atingem todo o pet, causando apatia, febre, anorexia, alteração nas articulações, ossos e pulmão.

Como a esporotricose felina é transmissível para humanos por arranhões, tenha cuidado ao lidar com um animal infectado. Use luvas ao cuidar dele e utilize produtos com cloro para a limpeza do ambiente.

Diante de qualquer suspeita da esporotricose, procure imediatamente o médico-veterinário. Ele fará exames para ter o diagnóstico correto e tratar corretamente a doença, administrando medicamentos antifúngicos e também antibióticos, em caso de infecções secundárias.

Habitua-se a dar uma boa olhada nos pelos e pele do seu gato. Com o seu cuidado, seu amiguinho felino não precisa se expor aos riscos que a esporotricose representa.

#esporotricose #meupetevida #esporotricosefelina #esporotricosetemcura #zoonoses #medvet

A esporotricose é uma doença infecciosa que afeta tanto humanos quanto animais, sendo mais comum nos gatos.

O fungo Sporothrix schenckii, causador da doença, é encontrado em matéria orgânica, terra, cascas das árvores, superfície das plantas e flores. Esse microrganismo entra no corpo por alguma feridinha aberta na pele ou por corpos estranhos penetrantes, como espinhos.

Como os gatos costumam arranhar madeiras, terra, cascas e caules de árvores, eles têm maior chance de entrar em contato com o fungo no ambiente, especialmente em jardins (cuidado especial com a roseiras!), tornando-se, eles próprios, agentes de disseminação da doença.

A esporotricose causa lesões que atingem a epiderme, demoram a cicatrizar e evoluem rapidamente. Quando não tratada, pode causar sérios riscos à vida do seu gatinho – diferente do que ocorre em cães e seres humanos, em que geralmente a doença é mais branda.

Na fase inicial, a doença se manifesta na face, pernas e base da cauda, como nódulos avermelhados, que podem ter secreções. Quando progridem, eles se tornam úlceras, que podem comprometer inclusive o sistema linfático e, na fase mais grave, as lesões ulceradas atingem todo o pet, causando apatia, febre, anorexia, alteração nas articulações, ossos e pulmão.

Como a esporotricose felina é transmissível para humanos por arranhões, tenha cuidado ao lidar com um animal infectado. Use luvas ao cuidar dele e utilize produtos com cloro para a limpeza do ambiente.

Diante de qualquer suspeita da esporotricose, procure imediatamente o médico-veterinário. Ele fará exames para ter o diagnóstico correto e tratar corretamente a doença, administrando medicamentos antifúngicos e também antibióticos, em caso de infecções secundárias.

Habitua-se a dar uma boa olhada nos pelos e pele do seu gato. Com o seu cuidado, seu amiguinho felino não precisa se expor aos riscos que a esporotricose representa.

#esporotricose #esporotricosefelina #esporotricosetemcura #zoonoses #medvet

R$5,50

Conheça também outros posts:

  • Post 003

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 155

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 134

    Ler texto R$5,50 Comprar
  • Post 036

    Ler texto R$5,50 Comprar

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao PetPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

//